O Reino De Lotrhic

História de Lotrhic

Advertisements

O Reino de Lothric era governado por um rei e rainha, e eles tinham pelo menos 3 crianças, embora haja suspeita de uma quarta. Os três filhos conhecidos são Lothric, Lorian e Ocelotte, suspeita-se que Gertrude, the Heavenly Daughter, também era uma filha da Rainha. Os três primeiros serão abordados no segundo post, então vamos focar em Gertrude agora. A suspeita de que Gertrude era filha da Rainha vem da descrição do miracle Bountiful Light:

Gertrude era conhecida como “The Heavenly Daughter” e ficou conhecida assim porque ela supostamente foi visitada por um anjo que lhe deu mensagens, essas mensagens foram escritas por Gertrude e se tornaram o miracle Divine Pillars of Light. 

Então, Lothric adora os anjos? Na verdade, não. Foi proibido o culto dos Anjos, e embora tenhamos evidência de que haviam cavaleiros que praticavam a Fé Angélical, nenhum dos três pilares da Lothric aceitou. Os praticantes da fé Angelical foram considerados hereges e Gertrude foi presa. Esta informação é dada na armadura dos Winged Knights.

Pode ter havido uma boa razão para isso, os Winged Knights usavam armas que eram mais parecidas com ferramentas de um executor do que um nobre guerreiro.

A prisão de Gertrude pode não ter sido “altruísta”. Os estudiosos usaram seu Chime para criar um item capaz de lançar tanto milagres e magias. Como foi abordado no post sobre Aldrich, usar magias baseadas em fé é um pecado.

Embora a adoração de anjos fosse proibida, a religião era definitivamente muito importante em Lothric. Isso é afirmado não só pelo fato de que as sacerdotisas eram um dos pilares de Lothric (Priestess Ring), mas também na descrição do Braille Divine tome of Lothric , que profetizava a fé máxima em paladinos que nunca iriam cair por causa de sua proteção divina. Isto pode ou não estar relacionada a uma crença de que a família real de Lothric era parcialmente divina. 

Sobre os três pilares de Lothric. Estes foram o Estudioso, que controlava o Grand Archives, a Alta Sacerdotisa, que era ama de leite do príncipe e os Cavaleiros que domaram dragões e esmagaram os inimigos de Lothric. Havia um quarto pilar não oficial em Lothric, conhecido como a Mão Negra, um grupo de caçadores que usavam armas individuais e foram usados pelo Rei para executar ações desagradáveis. Sabemos que estes eram os “pilares” de Lothric a partir dos anéis especiais que eles tinham.

Os Cavaleiros de Lothric serviram como defensores do reino. Eles eram originalmente caçadores de dragões, mas eram igualmente hábeis em combate aos homens, embora continuassem a usar armas de raio. Isto pode ser encontrado nas descrições de suas armas, tais como a sua espada. “Espada reta bem trabalhada e projetada para ataques de perfuração, usada pelos cavaleiros veneráveis de Lothric. Os Cavaleiros de Lothric, com seus dragões, esmagavam qualquer coisa que os ameaçassem. Claro, isso foi há muito, muito tempo atrás.”
Os Estudiosos são uma parte muito interessante de Lothric, e estão muito interligados com a família real. Eles guardavam zelosamente os Grandes Arquivos, e fechou-o quando a chama começou a se desvanecer para protegê-lo do “pus do homem”. Isto vem da descrição da Grand Archives Key (que também revela que a Mão Negra tinha acesso aos Archives):

Isso também poderia ter sido feito para proteger os outros dos Grandes Arquivos, como parece haver um perigo inerente ao conhecimento armazenado lá (esse perigo é visto pelos jogadores sendo representado pelas “mãos” fantasmagóricas nas estantes). Os estudiosos tomavam medidas contra este perigo, se cobrindo com cera.

Os três “pilares” parecem ter competido uns contra os outros para ganhar poder no reino, embora todos tenham sido supostamente para apoiar o reino em geral. Quando os estudiosos ganharam o poder através da participação dos Grandes Archivos, os cavaleiros, para contrabalançar isso, fortaleceram seus laços com as sacerdotisas.

Isso mostra o quanto de poder os Grandes Arquivos davam aos estudiosos. Os cavaleiros tinham inveja deles, apesar de previamente lutarem, serem reconhecidos como defensores do reino e serem um “símbolo” do reino ao lado de seus dragões. 

O nome de dois caçadores conhecidos como Mão Negras eram Gotthard e Kamui. Kamui serviu como guarda-costas do príncipe como mostrado na descrição da sua katana Onikiri Ubadachi:
Kamui trouxe Onikiri com ele para liquidar os mortos-vivos, ele forjou Ubadachi e foi finalmente preparado para se juntar aos caçadores reais.”
Gotthard, que foi mencionado anteriormente por ter fugido do castelo, também empunhava armas emparelhadas. Isso é mencionado em suas armas, Gotthard Twinswords:

Estas pertenciam a Gotthard, que fugiu do castelo. Gotthard subiu rapidamente no seu título de cavaleiro, nenhuma surpresa para aqueles que testemunharam sua espada.
O motivo de Gotthard ter fugido do castelo não é claro. Talvez ele tenha tentado lutar contra os eventos que ocorrem no mundo de Dark Souls 3, pois podemos invoca-lo para lutar contra Sulyvahn e contra os Abyss Watchers .

Leave a Reply

Fill in your details below or click an icon to log in:

WordPress.com Logo

You are commenting using your WordPress.com account. Log Out / Change )

Twitter picture

You are commenting using your Twitter account. Log Out / Change )

Facebook photo

You are commenting using your Facebook account. Log Out / Change )

Google+ photo

You are commenting using your Google+ account. Log Out / Change )

Connecting to %s